domingo, 28 de novembro de 2010

A guerra do ser - Pr. Iranildo Medeiros

3 comentários:

Blog do Jordanny Silva disse...

A mensagem primordial do evangelho, realmente, tem sido esquecida, ou melhor, abandonada. Vivemos hoje uma busca por libertação que aponta uma infinidade maldições, mas se afasta da única fonte que realmente liberta, a Palavra da Verdade!
Vivemos um evangelho onde a religiosidade cega e falsa funciona como uma CTI ou UTI da fé, afastados já das boas obras que são efetivamente o espírito da fé... Quando vejo, porém, pregações como esta que o senhor teve a coragem e ousadia de transmitir, percebo um desfibrilador acionado diretamente na fé morta de muitos crentes que já se deixaram levar pelo evangelho de fábulas... Que Deus continue te usando, amado pastor Iranildo, com ousadia, humildade e verdade...
A paz do Senhor!

Pr. Iranildo medeiros disse...

Obrigado amado irmão Jordanny,fiquei muito feliz em receber um comentário seu.Tenho pouco tempo de ministério e lidero uma igreja bem pequena e ainda não tive a oportunidade de estudar teologia em uma faculdade e recebendo um comentário digo sem demagogia de uma pessoa como você que escreve bem e de um discernimento bíblico muito profundo me senti muito importante não ao ponto de me exaltar, mas de esta sendo útil na pregação do evangelho. Obrigado por esta seguindo o meu blog e me colocar no meio dos seus blogs de indicação.Quase todos os dias dou uma passada no seu blog pra dá uma pesquisada. A graça e paz do Senhor pra você e toda a sua familia.

Anônimo disse...

Amado querido e escolhido de Deus pr iranildo!escrevo-lhe em poucas linhas,para te dizer que seus sermões tem sido de profunda importancia em seu blog. Lavi medeiros

Postar um comentário

Caro leitor,

(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Seja educado em seu comentário. Identifique-se. (2) Discordar não é problema. É solução, pois crescemos em aprendizado! Contudo, com bons modos. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...