sábado, 16 de outubro de 2010

O Perigo de um Sacerdócio Impiedoso 1sm 2: 12-17, 22-25, 27-36




                                                                                             Pr.Iranildo Medeiros
                                                                                       
Nessa passagem é retratado o episódio dos dois filhos do Sumo Sacerdote Eli que são chamados filhos de Belial e continuando o texto diz que não conhecia ao Senhor, isso me levou a pensar em quantos sacerdotes hoje em nossos dias se vestem como tais, falam como tais andam como tais, mas na verdade são sacerdotes do maligno “servindo” na casa de Deus sem temor e reverência e quando não se tem temor e reverência são levados a praticar atos contra Deus cada vez mais execráveis filhos de Deus nominalmente e filhos de Belial em práticas.

Olhando para a relação de Eli para seus dois filhos Hofni e Finéias nos nossos dias quantos filhos de Sacerdotes estão dentro das Igrejas agindo de forma igual aos filhos de Eli achando-se intocáveis trazendo escânda-los e vergonha e mais decepcionante é ver os Sacerdotes (pastores) assim como Eli cada vez mais passivos a condutas e praticas exercidas sob seus olhares deixando de agir com veemência e braço forte contra atos corruptos, insensíveis, avarentos e de promiscuidade.Precisamos urgentemente de reformadores como Neemias que com autoridade e integridade agiu contra as práticas abomináveis do Sacerdote Eliasibe e a negligêcia dos magistrados  (Ne 13:7-11) assim também como Jesua e Zorobabel Sarcedotes que honraram o sacerdócio mesmo em meio a uma pressão contraria a eles permaneceram fiéis a obra a qual estavam executando        (Ed 3: 2).


Encerro  chamando-nos a refletir como estar o nosso sacerdócio pois todos na dispensação  em que vivemos  fomos chamados a viver  o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;  1 Pe 2:9


2 comentários:

Pr. Iranildo medeiros disse...

Fiquem avontade para postar seus comentários.

Azael Brandão disse...

É Vero!
Quantos homens que se dizem de Deus, mas na verdade, não os são. Buscam apenas seus interesses pessoais, suas conveniencias, proclamando e barganhando com as as pessoas "venda" de Bençãos e milagres.

Vamos orar para que Deus nos ajude a reconhecê-los sempre.

Parabéns!! Muito inspirador o texto.
Azael Brandão

Postar um comentário

Caro leitor,

(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Seja educado em seu comentário. Identifique-se. (2) Discordar não é problema. É solução, pois crescemos em aprendizado! Contudo, com bons modos. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...